RIO OIL & GAS 2016

O maior evento de óleo e gás da América Latina é promovido a cada dois anos pelo Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP). Este ano, a Rio Oil & Gas adotou um formato inovador multiplataforma, com novos conteúdos e programas para a exposição, o congresso e os eventos paralelos.

 

DATA E HORÁRIO

24-27 DE OUTUBRO

EXPOSIÇÃO: 12h às 20h

CONGRESSO: 9h às 18h30

 

LOCAL

RIOCENTRO – CENTRO DE CONVENÇÕES

SALVADOR ALLENDE, 6555

BARRA DA TIJUCA – RIO DE JANEIRO – RJ

 

IDIOMAS

PORTUGUÊS E INGLÊS, COM TRADUÇÃO SIMULTÂNEA

 

 

NÚMEROS DA EDIÇÃO DE 2016:

22

PAÍSES

34.200

VISITANTES

3.920

CONFERENCISTAS

540

EXPOSITORES

Galeria de Imagens

Confira os melhores momentos da Rio Oil & Gas 2016.

« 1 de 2 »

Conferência

O lema escolhido para a Rio Oil & Gas deste ano foi “Caminhos para uma Indústria de Petróleo Competitiva”. Os debates contemplaram as áreas de Downstream, Upstream, Gás e Energia, Governança, Sustentabilidade, SMS, Compliance e Geopolítica.

 

ÁREA DO AUTOR

Clique aqui e confira a lista final. Veja também os trabalhos divididos por sessão oral e sessão digital.

 

PRÊMIOS

Saiba mais sobre a entrega de Menções Honrosas
de trabalhos e outras premiações.

Eventos Paralelos

Além da Conferência, do Future Leaders Forum, o maior evento global para jovens líderes, e do tradicional Encontro de Asfalto, a Rio Oil & Gas 2016 teve nesta edição rodadas de debates e apresentações sobre temas relevantes para a indústria: Compliance, Conhecimento, Engenharia, Fórum Financeiro, Onshore, Sustentabilidade e Tecnologia . Saiba mais detalhes da programação no site de cada evento paralelo. Basta clicar sobre o tema de interesse para navegar.

  • REUNIÃO GLOBAL DE JOVENS LÍDERES

    24-27 OUT
    flf

  • ENCONTRO DE ASFALTO

    26-27 OUT
    asfalto

  • EVENTOS PARALELOS

    TEMAS EM DISCUSSÃO
    Debates e apresentações
    sobre temas e segmentos da indústria em áreas dentro da exposição

    eventosparalelos

Agenda

Navegue pelo programa técnico da conferência, selecione os temas de seu interesse e monte a sua agenda. Mais de 100 palestrantes renomados já foram confirmados e 700 trabalhos técnicos, selecionados. Descubra ainda os destaques dos eventos paralelos.

  • Conheça as tendências, segundo líderes e especialistas da indústria

  • Participe de debates sobre temas específicos do seu segmento

  • Confira as iniciativas e personalidades do setor premiadas pelo IBP

Palestrantes

A 18ª edição da Rio Oil & Gas reuniu mais de 100 palestrantes de 22 países, promovendo debates relevantes sobre a indústria de petróleo e gás. Lembre os nomes:

Augusto Salomon

Augusto Salomon

Presidente Executivo

Empresa:

ABEGÁS

Formado em Ciências da Computação, com MBA’s em Gestão de Projetos e Gerenciamento de Negócios. Desde 2009, trabalha na ABEGÁS, entidade que representa todas as distribuidoras de gás canalizado do país, onde é atualmente Presidente Executivo.

Claudius O. Sokenu

Claudius O. Sokenu

Sócio

Empresa:

Shearman and Sterling

Ex-funcionário do órgão regulador do mercado financeiros dos Estados Unidos, a SEC (Securities and Exchange Commission), concentra atualmente sua atuação em representar instituições financeiras, empresas públicas e privadas, empresas de contabilidade, e os seus conselhos de administração, comitês de auditoria, conselheiros, diretores e empregados em ações nacionais e internacionais de aplicação de valores mobiliários e litígios, defesa criminal de ações com derivativo. Também atua em investigações internas, investigações do Congresso, litígios comerciais complexos em tribunais estaduais e federais, e gestão de crises. Claudius tem uma vasta experiência em lidar com questões extremamente delicadas, que requerem representação simultânea nas áreas cível, criminal, e as esferas políticas.

Fernando Borges

Fernando Borges

Gerente Executivo de E&P para Libra

Empresa:

Petrobras

Ele está na Petrobras por mais de 33 anos, trabalhando na área de Exploração e Produção. Durante sua carreira, ocupou vários cargos de gestão na operadora, incluindo gerente de reservatórios na Bacia de Campos e de Sergipe-Alagoas, gerente-geral de E&P Unidade de Negócios Sul, Gerente geral de Engenharia de Produção E&P, Gerente de Projeto do Campo de Gás Mexilhão e diretor de E&P da Petrobras Bolívia. Ele concluiu a graduação em Engenharia Civil na Universidade Federal de Uberlândia e também tem MBA Executivo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

John Weston

John Weston

Gerente Técnico Sênior

Empresa:

Gaffney Cline

Ele gerenciou projetos em todas as regiões produtoras do mundo, na BP, na Schlumberger e na Gaffney Cline & Associates, com atribuições que incluíam desde licitação a licenciamento, descoberta desenvolvimento, reabilitação de campos, avaliação de portfólios em fusões e aquisições e auditorias de reservas. Participou da Oferta Pública Inicial (IPO) da Petrobras, por exemplo. Seus clientes incluem NOCs, empresas independentes e bancos. John tem mais de 25 anos de experiência internacional no campo Unitização & Redeterminação como consultor e perito, aconselhando clientes na preparação do cse patrimonial. Na última década, John criou e vendeu uma pequena empresa de petróleo e é agora um consultor independente e diretor de uma empresa de investimentos no setor de energia. John trabalhou no Brasil em várias ocasiões e fala português.

Jerry Kepes

Jerry Kepes

Vice Presidente de Upstream Research & Consulting

Empresa:

IHS Energy

Seu foco principal é a análise da parte comercial e da competitividade da bacia em questão, incluindo o impacto da estratégia, foco corporativo e risco acima do solo no sucesso ou fracasso do negócio em E&P. Suas perspectivas estão relacionadas a várias décadas de experiência profissional na relação governo, operações comerciais e mercado.
Antes da aquisição da IHS pela PFC Energy em 2013, Jerry era um sócio, membro do comitê executivo e chefe da área de upstream. Jerry estava na PFC Energy desde 1991. Antes, atuava como geólogo de exploração na Marathon Oil Company, na divisão Norte da África e no Oriente Médio. Jerry tem um M.A. em Relações Internacionais da Escola de Estudos Internacionais Avançados, da Universidade Johns Hopkins, um M.S. em Geologia pela Universidade do Novo México e uma B.S. Cum Laude em Geologia pela Universidade de Dayton, Ohio.