Perguntas e respostas frequentes | Rio Oil and Gas 2020

Perguntas e respostas frequentes

1 – Onde?

Rio de Janeiro/ Brasil
Riocentro: Avenida Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro/RJ – Brasil.

2 – Quando?

A Rio Oil & Gas 2020 será adiada em função do cenário da pandemia da Covid-19. Uma nova data será anunciada em breve.

3 – Quem é o organizador do evento?

O Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP).

4 – Como faço a minha inscrição?

Para ter acesso ao congresso, é necessário comprar uma entrada. Profissionais do setor podem ter acesso à exposição sem pagar pela entrada. Para ter acesso aos almoços-palestras, é necessário comprar um tíquete separado.

5 – Vou receber um certificado?

Se você participou do congresso, sim. É só solicitá-lo para eventos@ibp.org.br após o evento.

6 – Não posso participar de todos os dias do evento, posso comprar só um dia?

Sim, basta escolher a opção “Passe Diário” na aba de Inscrições do site.

7 – Como pagar a minha inscrição?

As opções disponíveis serão detalhadas no site. https://eventos.tmp.br/ibp2018/visitantes/inicio.php?pg=10.

8 – Associados e expositores têm desconto?

Sim. Associados IBP, expositores e patrocinadores do evento têm desconto na compra de um ingresso ou de vários ingressos. Há ainda pacotes corporativos e preços diferenciados para estudantes e professores.

9 – Há desconto para estudantes?

Sim. De acordo com a legislação do estado do Rio de Janeiro, o desconto de meia-entrada para estudantes é restrito a eventos culturais ou esportivos.
Entretanto, as entradas para estudante são restritas à compra do congresso completo.

10 – Como uma empresa pode ter um estande na exposição?

Basta entrar em contato pelo email riooilgas@ibp.org.br

11 – Como uma empresa pode patrocinar o evento?

Basta entrar em contato pelo email riooilgas@ibp.org.br

12 – Como faço para apresentar o meu trabalho no evento?

Os interessados em submeter trabalhos originais devem realizar o cadastro na área do autor (clique aqui), ler as instruções e enviar sua sinopse estendida, de acordo com cronograma e temário proposto.

13 – Qual o prazo para envio de sinopse estendida?

As sinopses estendidas deverão ser encaminhadas até o dia 15 de março de 2020, para análise do Comitê Técnico e deverão ser redigidas em 2(duas) páginas.

14 – Como sei se minha sinopse estendida foi aprovada?

A aprovação das sinopses será de responsabilidade do Comitê Técnico, soberano em sua decisão. Os autores serão informados sobre a análise das sinopses estendidas após o dia 31 de março de 2020.

15 – Qual o prazo para envio de texto final?

Uma vez que a sinopse estendida tenha sido aprovada, os trabalhos completos (5-10 páginas) deverão ser enviados até o dia 19 de julho de 2020*, de acordo com as instruções disponíveis na área do autor.

*Data prorrogada do dia 15/06/20 para 19/07/20.

16 – Quando saberei data, horário e formato (oral ou pôster digital) da minha apresentação?

Os autores serão informados da data, horário e forma de apresentação dos trabalhos (oral ou pôster digital), após o fim da avaliação dos textos finais e do período de revisão, partir do dia 03 de julho de 2020.

17 – Quais as formas de apresentação?

Os autores deverão optar pela forma de apresentação do trabalho (oral ou pôster digital) e no resultado final será definido pelo Comitê Técnico, soberano em sua decisão.

18 – Qual o idioma do evento?

<p”>Os idiomas do evento são: português ou inglês. Será disponibilizada tradução simultânea (inglês/português/inglês).

19 – Meu trabalho será publicado?

Os trabalhos apresentados no congresso vão concorrer a menções honrosas, serão publicados na biblioteca online do IBP, com registro ISSN e DOI, e poderão ser indexados em bases científicas internacionais. Os autores também poderão concorrer ao prêmio Plínio Cantanhede, entregue ao melhor trabalho técnico apresentado em um evento do IBP.

20 – Vou apresentar trabalho técnico, preciso me inscrever no evento?

Sim. Para que o trabalho aprovado seja incluído no programa final e publicado nas bases científicas, é necessário que ao menos o autor apresentador do projeto faça sua inscrição, no prazo informado no cronograma de submissão dos trabalhos.

21 – Quanto custa?

Valores de inscrições e informações de como se inscrever serão disponibilizados em breve pela organização do evento.

22 – Quais os critérios para fazer parte do Petroleum Club?

O Petroleum Club foi pensado para proporcionar mais conforto e exclusividade para um seleto grupo de participantes da Rio Oil & Gas. De acordo com a cota de patrocínio ou a metragem contratada pelo expositor (ver tabela abaixo), a empresa terá direito a indicar uma quantidade de participantes para integrar esse grupo exclusivo. A credencial Petroleum Club é pessoal e intransferível. A sugestão da organização é que sejam indicados o/a presidente e diretores das empresas.

PETROLEUM CLUB 2020

Patrocinador/Expositor

número de credenciais Petroleum Club

Master

50

Black

20

Diamond

15

Platinum

15

Gold

10

Silver

5

Bronze

3

Expositores de 70m²

2

Expositores até 70m²

1

23 – Quais os benefícios de ser Petroleum Club?

Os benefícios de ser Petroleum Club são: identificação no perfil como Petroleum Club, acesso a conteúdos e experiências exclusivos, marcação ilimitada de reuniões com expositores e patrocinadores, possibilidade de ocultar solicitações de conexão para quem não for Petroleum Club, patrocinadores, expositores e palestrantes.

24 – Como faço para me inscrever nas sessões CEO & Wine?

As sessões CEO & Wine são uma ação exclusiva para os membros do Petroleum Club.

A inscrição custa R$ 275 e inclui 1 garrafa de vinho  para degustar durante a sessão e o novo livro do vencedor do Prêmio Pulitzer, Daniel Yergin, The New Map: Energy, Climate and the Clash of Nation, além da chance de interagir com alguns dos maiores nomes do mercado.

A compra deve ser feita pelo site de inscrições: https://bit.ly/CEO_Wine

25 – Sou aluno de uma das universidades parceiras. Como faço para ganhar uma inscrição gratuita para o congresso da Rio Oil & Gas?

A parceria do evento foi com as instituições. A distribuição das gratuidades aos alunos ficou a critério das próprias universidades.