TRANSIÇÃO ENERGÉTICA | Rio Oil and Gas 2020

TRANSIÇÃO ENERGÉTICA


O objetivo é fomentar a discussão sobre todos os temas que na transição energética contribuirão para redução e mitigação das emissões de gases de efeito estufa, a nível global e nacional, dentro da ambição do Acordo de Paris, de se manter o aumento médio da temperatura em 1,5ºC e em conformidade com a NDC Brasileira.

A indústria de petróleo e gás possui um papel muito importante nessa transição energética e essa programação técnica demonstra o interesse inequívoco de participar das discussões de políticas públicas, de mostrar os principais avanços e compromissos do setor na redução e mitigação de gases de efeito estufa, de fomentar a troca de experiências, divulgar tecnologias e interagir com a sociedade.

Negociações internacionais, novas fontes de energia e mudanças na produção e consumo de energia, bem como iniciativas empresariais comprometidas com o horizonte de zerar as emissões líquidas, fazem parte desse contexto de discussões a serem promovidas por trabalhos técnicos, oriundos da indústria, academia, governo, organizações da sociedade civil e instituições de pesquisa.

A transformação para uma economia de baixo carbono é inevitável e todos os impactos positivos e desafios dessa mudança, precisam ser debatidos agora. As soluções estruturantes e de curto e médio prazo devem ser priorizadas, com ambição, desenvolvimento tecnológico, inovação, consumo sustentável e outras questões que sinalizem para as oportunidades de investimentos e atendam aos novos direcionamentos da sociedade, com garantia de segurança energética e bem-estar para todos.

A demanda por energia continuará a crescer e é preciso que a transição ocorra de forma justa e inclusiva, gerando oportunidade de capacitação e emprego no novo ambiente digital e de novas profissões, para economia de baixo carbono que avança rapidamente.

O reflexo de tudo isso no Brasil é também muito importante para que os benefícios sejam amplamente aproveitados ao melhor custo efetivo em favor da sociedade e as oportunidades de investimentos internacionais do momento no Brasil, não sejam desperdiçadas.

Mudança climática

Matriz energética e Escopo 3

Descarbonização e Netzero

COMITÊ TÉCNICO

Transição Energética

Nome
Patrícia Pradal (coordenadora)
Viviana Coelho (coordenadora)
Ana Mandelli
Anderson Cantarino
Bruna Mascotte
Carlos Henrique Mendes
Carlos Victal
Eduardo Ferreira Kantz
Giovani Machado
Marcos Cantarino
Mariana França
Monique Gonçalves
Nadia Stanzig
Patricia Ruiz
Rafael Lemme
Rafaela Guedes Monteiro
Raquel Coutinho
Raquel Filgueiras
Rodrigo Otávio
Sonia Brotas Lima
Suzana Kahn
Thiago Pires
Empresa
Chevron
Petrobras
ABD/IBP
IBP
Catavento
Consultor independente
IBP
Prumo Logistica
EPE
IBP
ANP
Shell
ABESPETRO
Ocyan
IBP
Petrobras
Petrobras
IBP
Leal Cotrim Jansen Advogados
Premier Oil
COPPE/UFRJ
SSM/ANP

Temário
Confira os temas dessa edição